Em setembro de 1917, os Irmãos Maristas chegaram à cidade e assumiram o Ginásio Municipal de Varginha. No dia 04/02/1918, com 97 alunos internos e externos, tiveram início as aulas. A escola mudou de nome, passou a se chamar Ginásio do Sagrado Coração de Jesus.

O Colégio teve uma trajetória brilhante, fruto da dedicação e da competência dos Irmãos Maristas, educadores eméritos, brasileiros ou franceses que, por cinquenta e nove anos, estiveram à frente da escola. Entre eles se destaca o Irmão Mário Esdras, conhecido como o Mestrinho, que, de 1920 a 1958, trabalhou em Varginha (MG), onde tem nome de rua e de escola. Outros nomes também são lembrados: Irmãos Ary, Nazário, Braz, Roberto Borges e Eurico.

Em 1976, devido à diminuição de vocações religiosas, os Maristas decidiram reduzir suas escolas e se voltar mais para obras sociais fora de colégios. Isso fez com que deixassem a cidade. De 1977 a 1996, o prédio e o terreno foram alugados.

Em 1996, com a ajuda de ex-alunos, os Irmãos decidiram reabrir a escola. No dia 08/02/1999, o Colégio Marista Varginha começou suas aulas.

Nos últimos anos, a Unidade tem atuado com o foco no desenvolvimento de currículo inovador, permeado por valores como espírito de família, solidariedade e simplicidade. Nesse sentido, são desenvolvidos projetos como Missão de Solidariedade, Voluntariado e Grêmio Estudantil, Amiguinhos de Champagnat, PJM e Infância Missionária.

Na perspectiva da proposta educativa Marista, o Colégio tem educadores qualificados e ambiente favorável à aprendizagem, com estrutura completa para as atividades de esporte e cultura e o desenvolvimento dos projetos de Educação Bilíngue, High School, Iniciação Tecnológica e Educação para a Interioridade.

O Colégio Marista Varginha atende, atualmente, cerca de 1000 estudantes, da Educação Infantil ao Ensino Médio. Carla Maria Romano Carvalho exerce a direção, ao lado de Vânia Silva Faria Ribeiro, vice-diretora Educacional, e Weber Fábio Pereira, vice-diretor Administrativo.