Hora do Conto

A hora do conto é um projeto literário que visa interagir com todo ambiente escolar e as manifestações culturais que acontecem em torno deste contexto. Ele tem por finalidade apresentar aos educandos, através das histórias contadas, a riqueza que existe no mundo da literatura. Sendo assim, essa atividade acontece constantemente no espaço da biblioteca e em diferentes ambientes de nossa escola e, em seu desenvolvimento, contamos com a participação dos professores, familiares, colaboradores e diversas parcerias que vem sendo construídas ao longo desse processo.

Ele é importante, pois o ato de contar história nos remete a momentos de interação que nos possibilitam experimentar diversas vivências literárias, como criar algo novo, brincar, conhecer novas culturas, que são de extrema importância para vida do ser humano, porque através dessas vivências encontramos vários significados em nossas ações cotidianas.

A contação de histórias conduzida em um ambiente agradável é uma das grandes oportunidades para desenvolvimento do educando, é uma das atividades mais antigas do ser humano e vem sendo repassada ao longo da história, abrindo oportunidades importantes para a construção de uma identidade social e cultural, logo, por meio delas, podemos enriquecer as experiências vivenciadas, desenvolvendo a linguagem, ampliando o vocabulário, formando o caráter, a confiança no bem e proporcionando viver o imaginário.

Nesta perspectiva, o projeto tem por objetivo proporcionar uma boa leitura para os educandos, desenvolver atividades lúdicas e atrativas, despertar o interesse e o gosto pela leitura (estimulando-a como hábito diário), ampliar o repertório literário, possibilitar um maior contato entre os alunos e o livro, estimular o empréstimo de livros, promover momentos de socialização, levando o educando a expressar seus sentimentos, experiências, ideias e opções individuais, desenvolver senso crítico, a partir dos livros lidos e relidos, proporcionar a interação da família na escola, desenvolver habilidades artísticas através das oficinas, ampliar as parcerias em trabalhos interdisciplinares.

É necessário que a escola busque resgatar o valor da leitura como ato de prazer e requisito para emancipação social e promoção da cidadania. “Aprender a ler e escrever é antes de tudo aprender a ler o mundo compreender o seu contexto, não numa manipulação mecânica de palavras, mas numa relação dinâmica que vincula a linguagem e realidade”. (Joaquim Severino). Através desse projeto, vivenciamos momentos maravilhosos, pois contar história é o início para tornar-se um leitor, um inventor, um criador, faz de nós indivíduos mais criativos.