Você já se perguntou se em nosso contexto, de uma sociedade cada vez mais digital, a invenção da imprensa de tipos móveis de Gutenberg ainda é importante? Essa foi a pergunta que norteou o projeto de pesquisa do componente de História, no 7º ano dos anos finais do Ensino Fundamental, no Colégio Marista São Luís.

Segundo o professor Fabiano Palácio, o projeto teve como principal objetivo: levar os estudantes a refletirem sobre História de maneira contextualizada, sendo assim possível perceber como algo que aconteceu no século XVI pode influenciar o presente e o futuro.

Pensar sobre o futuro também foi fundamental no projeto de pesquisa dos estudantes. Durante uma aula, recebeu-se a visita do futurista Jacques Bárcia, representante do IFTF (Institute for the Future) que fica em Palo Alto, Califórnia. Bárcia explicou qual é o trabalho do futurista e como entender que o passado e o presente podem ajudar a solucionar problemas do futuro, além de fazer considerações se a invenção de Gutenberg ainda será/é importante para humanidade.

Nesta atividade os estudantes tiveram a liberdade de escolher como iriam apresentar os resultados obtidos durante a pesquisa, o que resultou em criativas apresentações de seminários, vídeo-aulas, jornais, podcast, apresentação no sway e animações.

Confira um vídeo resumo com os trabalho dos estudantes: Clique aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Limpar formulárioEnviar