A 12ª Olimpíada Nacional em História do Brasil (ONHB), promovida pela Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), teve início em setembro, com 69,8 mil inscritos de todo país, um total de 17,4 mil equipes. O projeto, que ocorreria no primeiro semestre, foi adiado por causa da pandemia e adaptado para uma versão totalmente online e mais acessível.

Depois de 6 fases consecutivas, a final da 12ª ONHB reúne um total de 421 equipes de todos os estados do país. Essas equipes estão na final, e os estados do Nordeste concentram maior número de finalistas. A Paraíba será representada por 05 equipes nas quais uma delas é o Marista Pio X, único colégio entre as escolas particulares do Estado. “Este ano, a escola viabilizou a inscrição de 7 equipes do 8º ano do Ensino Fundamental ao Ensino Médio, duas chegaram à semifinal e uma delas chegou à final. Começamos a participar da ONHB em 2018, na 10ª edição. Neste curto período, nossos estudantes vêm abraçando com muita empolgação esta olimpíada a cada ano”, ressalta Prof. Wallene Cavalcante, o articulador das Olimpíadas do Marista Pio X.

A equipe do Marista Pio X, denominada “istorikoí”, é composta pelos estudantes da 3ª série do ensino médio, Gabriel Maurício, João Guilherme e Clara Morsh e atua na ONHB sob a orientação do professor Fernando Bustamante. Ele destaca que chegar à etapa final, nesse processo, exige muita dedicação e compromisso. “Quanto mais equipes participam de olimpíadas, melhor é o aproveitamento porque isso favorece com o que os estudantes e o orientador tenha uma leitura mais adequada que a prova exige e essa equipe já vem nesse caminho. Além disso, força de vontade de comprometimento são primordiais, pois mesmo com a pandemia, nos reuníamos constantemente on-line para discutir tudo sobre a prova e aprofundar os conteúdos. Realmente posso dizer que é um bonito trabalho em equipe”, destaca o orientador Fernando.

Diferente dos anos anteriores, quando uma grande final presencial ocorria em Campinas-SP, em 2020, a última etapa da competição está sendo realizada online, no período de 04 a 22/11 por causa da pandemia do coronavírus. Serão 20 Medalhas de Ouro, 30 Medalhas de Prata, 40 Medalhas de Bronze e 331 Medalhas de Cristal (Honra ao Mérito) que serão entregues às equipes participantes.

Ainda, de acordo com a Deliberação Unicamp, a partir de 2020, o curso de História passou a oferecer duas vagas extras para premiados na ONHB, desde que atendidas as regras da Deliberação CONSU. Portanto, será criada a etapa de Prova Individual Adicional para os finalistas da 12ª ONHB que desejarem participar da disputa das vagas no curso de graduação em História por meio do Edital de Vagas Olímpicas da Comvest. Ainda não há data para a realização da Prova Individual Adicional. A Comissão Organizadora da ONHB envidará esforços para que essa prova seja realizada na cidade ou região do finalista desde que o (a) medalhista de ouro ou prata na 12ª ONHB esteja interessado em disputar uma das vagas do curso de graduação em história da Unicamp.

Estamos na torcida pelos finalistas Gabriel Maurício, João Guilherme e Clara Morsh que compõem a equipe “istorikoí” (3ª série do Ensino Médio) sob a orientação do educador Fernando Bustamante.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Limpar formulárioEnviar