Próximo encontro acontece nesta quarta-feira, 22, e os convidados serão os pais dos alunos

O Colégio Marista de Maceió tem realizado uma série de encontros, em parceria com o Ministério Público Estadual (MPE), para promover debates com a comunidade acadêmica sobre o “Combate ao Abuso Sexual de Crianças e Adolescentes”. A próxima palestra tem como tema “Limites e Respeito” e irá reunir os pais dos alunos, nesta quarta-feira (22), a partir das 18h, e faz parte do projeto “Direitos Humanos em Pauta no Ministério Público de Alagoas”.

Os debates tiveram início com representantes do MPE conversando com os estudantes. Em seguida, a convidada foi a promotora da 14ª Vara Criminal, doutora Dalva Tenório, que dessa vez falou para os professores da unidade de ensino.

De acordo com a procuradora Dalva Tenório, essa é a primeira vez que o tema é levado para debate em uma escola particular. “A discussão tem que ser ampliada para os diversos públicos. Trazer o debate para os professores, por exemplo, é de extrema importância. São eles que têm contato diário com as crianças e adolescentes, e podem auxiliar, através de um olhar atendo, se temos alguém precisando de ajuda”, ressaltou.

Um dos destaques da promotora foi o alerta para os crimes virtuais. “Às vezes o criminoso não está presente fisicamente em um primeiro momento com a vítima. Por isso, a importância de ampliarmos os horizontes, inclusive, para aquela criança e adolescente que tem o hábito de passar o dia dentro de um quarto, na frente do computador ou no celular”, alertou.

Ainda de acordo com a promotora, o papel dos educadores é, inclusive, alertar aos pais sobre uma possível mudança de comportamento do aluno. “A criança e o adolescente não tem idade para fazer escolhas. Nós temos o papel de formadores de opinião e temos o poder e o dever de orientar e alertar. No entanto, é preciso tomar cuidado, investigar cada caso, e envolver outras áreas competentes, como os psicólogos. Nosso trabalho é voltado para a educação. Não conseguiremos mudar algumas realidades sem colocar a educação como prioridade”, pontuou.

Para o Irmão Humberto Gondim, diretor geral do Colégio Marista de Maceió, o papel do educador é fundamental no processo de apoio ao estudante. “Temos que ficar atentos. É nossa obrigação, na verdade. Esse é o nosso papel e, ao trazermos o debate de forma mais aprofundada para dentro da escola, estamos contribuindo para a ampliação do nosso olhar”, reforçou.

Faça Bonito

No início deste mês, os Colégios Maristas de todo o Brasil deram início a Campanha “Faça Bonito”, com a promoção de atividades em sala de aula e de campo, sobre a temática da exploração e do abuso sexual de crianças e adolescentes. As ações envolvem estudantes e professores da Educação Infantil ao Ensino Médio, além de culminar em um encontro para um debate ampliado com os pais.

Serviço
Palestra: Limites e Respeito
Data: 22 de maio
Horário: 18h
Local: Colégio Marista de Maceió

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Limpar formulárioEnviar