Foto: Colégio Marista São Luís-Recife/PE

                                        Foto: Colégio Marista São Luís-Recife/PE

As equipes diretivas e pedagógicas das unidades educacionais e sociais entraram em fase de formação e planejamento para o ano letivo 2016. Tiveram início, em janeiro, as Jornadas Pastorais Pedagógicas, com a proposta de alinhamento das políticas e potencialização de práticas que contribuem à missão educativa e evangelizadora marista. Este ano, as superintendências Socioeducacional e de Organismos Provinciais da Província Marista Brasil Centro-Norte indicaram como tema norteador dos trabalhos “Casa comum, nossa responsabilidade”, o mesmo da Campanha da Fraternidade 2016, além do lema “Quero ver o direito brotar como fonte e correr a justiça qual riacho que não seca” (Am 5,24).

Para responder aos desafios que a temática suscita, foram sugeridos para a programação das jornadas reflexões e diálogo acerca das Matrizes Curriculares do Brasil Marista, o Sistema de Educação Marista, Planejamento Pastoral Pedagógico, orientação técnica digital/pedagógica e desenvolvimento de ações educativas na dimensão da sustentabilidade. Os colégios e as escolas definem o cronograma e as atividades. Para certos conteúdos, solicitam a assessoria da Gerência Educacional. Dentre as formações mais pedidas estão as sobre a Lei Brasileira de Inclusão (13.146/2015), que passou por atualização recente, tecnologias educacionais, Sistema Marista de Educação e planejamento pastoral pedagógico.

Nas novidades para 2016, sobre as quais os educadores precisam se familiarizar, está o início da implantação do Sistema de Educação Marista/SME para o 1º ano do Ensino Médio. Só em 2015, de setembro a dezembro, foram realizadas 14 videoconferências formativas sobre o SME, produzido pela FTD Educação em parceria com a União Marista do Brasil/UMBRASIL, com base no Projeto Educativo e nas Matrizes Curriculares do Brasil Marista. O Sistema oferece materiais didáticos de Língua Portuguesa, Literatura e outras artes, Matemática, Física, Química, Biologia, História, Geografia, Artes, Filosofia e Sociologia. Além disso, há espaço virtual, banco de redação, organização do material por módulos, conteúdos impressos e digitais, simulados, manual pedagógico, textos com foco no Enem e de aprofundamento. A implementação segue, de forma gradativa, para as turmas do 2º ano, em 2017, e do 3º ano, em 2018.

As Jornadas, que contribuem para os desafios da construção de novos modelos de aprendizagem, de gestão e de evangelização, seguem até fevereiro, conforme o calendário de cada unidade.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Limpar formulárioEnviar