Início do Fórum relembra a vida do fundador marista – Foto: Ascom/Marista Centro-Norte

A luz que brilhou no nascimento do fundador Marista, São Marcelino Champagnat, se acendeu, também, em Mendes (RJ), onde os gestores e pastoralistas das Unidades Socioeducacionais da Província Marista Brasil Centro-Norte se reúnem, até o dia 24 de maio, no Fórum Marista de Gestores. Recebidos, na noite do dia 20, com a celebração dos 230 anos de nascimento de Champagnat, os participantes começaram a vivenciar as experiências que serão promovidas nos próximos dias, a fim de fortalecer e aprofundar a integração, a espiritualidade e o alinhamento institucional.

O provincial e presidente das mantenedoras UBEE-UNBEC, Ir. Ataide José de Lima, acolheu as equipes com o pedido para que renovem o propósito de educar e evangelizar. “Façamos desse tempo um espaço de oração e contato com Deus. Champagnat nasceu e nós nos encontramos para celebrar e partilhar a missão que ele nos legou”, afirmou o Irmão ao recepcionar o grupo e marcar a abertura do evento.

Na manhã de hoje (21), os convidados participaram do painel de conjuntura social, política e econômica do País, conduzido pelos professores Mellilo Dinis e Ricardo Mariz. Os dois painelistas trataram das tendências que se consolidam na sociedade e impactam, diretamente, o setor educacional e o comportamento coletivo, bem como abrem novas oportunidades. “Homens e mulheres fazem história, mas não sabem a história que fazem”, alertou o Prof. Mellilo, ao citar Karl Marx. Segundo ele, estamos em tempo de mudanças e podemos viver novas possibilidades. À tarde, foram realizados os debates, em grupos temáticos, sobre economia e reformas, políticas governamentais, intolerância, dentre outros temas relativos aos recentes cenários e desafios da educação.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Limpar formulárioEnviar