Escola Marista Champagnat de Teresina – Foto: divulgação

Nesta semana, de 13 a 17 de maio, as Unidades Socioeducacionais, da Província Marista Brasil Centro-Norte (PMBCN), se mobilizaram em prol da Semana de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual contra Crianças e Adolescentes. Foram várias atividades, iniciativas e ações desenvolvidas sobre a temática, envolvendo toda a comunidade educativa.

No Colégio Marista Pio X, de João Pessoa (PB), foi promovido uma série de bate-papos e formações de educandos e educadores. A unidade trouxe palestrantes da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Humano que falaram aos estudantes do Ensino Fundamental II e do Ensino Médio. Os adolescentes receberam informações sobre a violência sexual no estado da Paraíba e foram estimulados a perguntar e esclarecer dúvidas.

Ainda no Nordeste, a Escola Marista Champagnat, de Teresina (PI), recebeu a visita do analista de Solidariedade e membro do Comitê de Proteção Integral, da PMBCN, Clemilson Graciano, que promoveu rodas de conversas para os diversos públicos sobre o assunto. A Escola também viabilizou uma apresentação artística relacionada ao 18 de Maio e fomentou um bate-papo com os pais sobre a importância do diálogo e proteção as crianças e adolescentes.

Em Minas Gerais, os Colégios Marista de Patos de Minas, Marista de Varginha e Marista São José – Montes Claros também abraçaram a Campanha 18 de Maio – Faça Bonito e promoveram uma série de ações e momentos de reflexão que legitimam a causa. No Distrito Federal, o Colégio Marista Champagnat de Taguatinga fez bonito e trouxe grandes aprendizados sobre a temática aos estudantes: rodas de conversa, palestras, apresentações teatrais, sarau poético e passeios temáticos estão conscientizando os alunos sobre a campanha.

O Colégio Marista Nossa Senhora da Penha, de Vila Velha (ES), semeou violetas entre os estudantes, no sentido de refletir que a causa começa na educação. E assim, a Semana de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual contra Crianças e Adolescentes se conclui com êxito, na esperança de que esta semente plantada perdure no alicerce firme da proteção e extinção do abuso e da exploração sexual contra crianças e adolescentes.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Limpar formulárioEnviar