Videoconferência sobre Direitos Humanos – Foto: Luciana Farias

Em formato de jogral, os estudantes do Colégio Marista Montes Claros (MG) declamaram, por meio de cartazes e falas, as várias dimensões dos Direitos Humanos. Desta forma é que começou a videoconferência sobre Direitos Humanos de Crianças e Adolescentes, que ocorreu, na última quarta-feira (13), e reuniu toda a comunidade educativa marista – as equipes diretivas, pedagógicas, de pastoral, lideranças juvenis e Comitê de Proteção Integral, em torno da temática.

Promovida pela Coordenação de Solidariedade, da Província Marista Brasil Centro-Norte (PMBCN), a videoconferência foi conduzida pelo coordenador da área, Ir. Edvaldo de Lima, e equipe, que trouxeram o presidente da Comissão de Direitos Humanos e Cidadania, da Assembleia Legislativa do Ceará, Renato Roseno de Oliveira, como interlocutor da palestra.

O palestrante, que também é analista de Políticas Sociais, do Departamento de Proteção Social Especial, do Ministério da Cidadania, abordou o tema subdividido em quatro tópicos. Em primeiro lugar, trouxe os aspectos históricos dos Direitos Humanos e suas concepções ao longo dos tempos; num segundo momento, expôs as contradições referentes à temática; em seguida, citou as definições da área, e, para finalizar, elencou as ameaças e desafios para se concretizar a proteção integral dos direitos das crianças e adolescentes, pelas suas condições humanas e geracionais.

Renato Roseno também frisou a importância de a Província estar atenta à pauta, com a produção de materiais que norteiam a temática, envolvendo os colaboradores que estão na linha de frente da Instituição. As diretrizes Educação em Direitos Humanos e o documento Política Institucional de Proteção Integral às Crianças e aos Adolescentes foram produzidos pela PMBCN e contêm subsídios para a atuação da Província quanto à temática.

Para o gestor, Ir. Edvaldo de Lima, a videoconferência foi significativa por responder ao eixo da coordenação de Solidariedade sobre formação e também aos apelos do Instituto sobre a presença relevante junto às crianças e aos jovens e também à proteção integral. “Nos inteirarmos do tema dos Direitos Humanos, enquanto unidades maristas, é reafirmar o nosso compromisso com uma educação cristã crítica, humana e solidária, alicerçada na valorização da dignidade do outro e defesa da vida”, destacou Ir. Edvaldo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Limpar formulárioEnviar