Formação sobre Política Integral às Crianças e aos Adolescentes – Foto: Ascom / PMBCN

A Província Marista Brasil Centro-Norte (PMBCN) promoveu, nesta semana, entre os dias 14 e 16 de maio, por meio da Gerência Socioeducacional, da Superintendência de Missão, os Ciclos Formativos – Assistente Social, que reuniram os assistentes sociais, das unidades socioeducacionais maristas, para um momento formativo, a partir de temas trazidos pelos próprios participantes.

Os Ciclos Formativos foram realizados através de videoconferências temáticas, ministradas por especialistas nos assuntos tratados, e divididas em três temas, durante os dias de realização do evento: Filantropia, Política Institucional de Proteção Integral às Crianças e aos Adolescentes, e Inclusão Social

A formação sobre Filantropia, realizada pelo Ministério da Educação, por meio da Cebas (Certificação de Entidades Beneficentes de Assistência Social na área de Educação), abordou assuntos relacionados às instituições filantrópicas, como certificação e prestação de contas, de entidades de direito privado, sem fins lucrativos, que atuam diretamente ou por meio de instituições de ensino mantidas, na oferta da educação básica, regular e presencial, em consonância com a Lei 12.101/2009.

Já na temática sobre Proteção Integral às Crianças e aos Adolescentes, os especialistas Chirliana Souza e Clemilson Graciano, do Comitê de Proteção Integral, ofereceram orientações para a atuação dos assistentes sociais, nos casos de violação dos direitos humanos de crianças e adolescentes, bem como para as ações profissionais no campo dos Direitos Humanos.

A matéria sobre a Inclusão de Alunos com Deficiência fechou os Ciclos Formativos, com a apresentação da professora da Universidade Católica de Brasília, Erenice Carvalho, que falou aos participantes sobre o processo de inclusão de crianças com deficiência nas escolas de ensino, na perspectiva da educação inclusiva, no qual o foco não é a deficiência do aluno, e sim os direitos garantidos pela legislação, ao aluno. Ela abordou, também, a Lei de Inclusão, e seus impactos nas concessões de bolsas sociais.

Os Ciclos Formativos – Assistente Social acontecem, anualmente, na Província e, neste ano, os assuntos tratados seguiram a chamada do XXII Capítulo Geral, que diz: Fomos desafiados a abandonar nossa inércia e segurança, para poder responder genuinamente às novas necessidades.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Limpar formulárioEnviar