Medio

É organizado, pedagogicamente, como a etapa de culminância da educação básica, de consolidação da formação integral do estudante para intervenção cidadã e crítica no mundo contemporâneo. Os educandos Maristas têm na experiência de discernimento do projeto de vida a ser alcançado na plenitude das dimensões acadêmicas, políticas, tecnologias, éticas e estéticas, trabalhadas durante todo o currículo.

A atenção às aptidões e aos estilos de aprendizagem torna-se mais decisiva nesse segmento, no qual o adolescente é incentivado a participar, ativamente, na comunidade local, na escola, na família e na sociedade.

Assim, decisões do estudante e da escola quanto ao núcleo de áreas do conhecimento compatível com as habilidades de cada um são levadas em conta na organização dos tempos e espaços da aprendizagem. O que não impede a atenção e dedicação ao conjunto das áreas, inclusive na preparação para as avaliações externas, como Enem, Vestibulares, entre outros, e à vida universitária.

O aspecto da diversidade é um princípio Marista. Os adolescentes convivem no espaço educativo sendo estimulados e orientados ao respeito às diferenças. Além de contribuir para integrar o conhecimento ao projeto pessoal deles, a Instituição Marista tem o compromisso ético e espiritual – em coerência com a própria história de sua fundação – de favorecer a consciência de uma atuação cidadã a serviço do mundo marcada pelo senso de justiça, equidade, sensibilidade e responsabilidade socioambiental.