No dia 12 de agosto, aconteceu a eleição do Grêmio Estudantil 2019 do Colégio Marista Dom Silvério. A Diretoria do GE é constituída por membros, votados, obrigatoriamente, em formato de chapas, dentre os estudantes do 8º ano do Ensino Fundamental e 1ª, 2ª e 3ª série do Ensino Médio. Antes da votação, os alunos(as) tiveram a oportunidade de ouvir as propostas de trabalho dos candidatos a partir de um debate mediado pela equipe da Pastoral do Colégio.

O Grêmio é a organização que representa os interesses dos estudantes na escola, permitido que os alunos discutam, criem e fortaleçam inúmeras possibilidades de ação. É um espaço de formação, cidadania, convivência, responsabilidade e diálogo. Inspirado nos ideais Maristas e calcado em princípios democráticos cristãos, em que consagra e representa os alunos matriculados, o grêmio é pautado pelo o Art. 1º do Estudo do Grêmio Estudantil Marista Dom Silvério.

O Marista acredita no protagonismo juvenil e na escola como um processo de educação para a cidadania. Os estudantes que se dispõem a ocupar esse espaço recebem um certificado de reconhecimento e participação que pode ser usado em processos de seleção para universidades e programas juvenis.

A chapa VOX foi eleita com 76,85% dos votos e a posse acontecerá nas próximas semanas. Abaixo, seguem os nomes dos membros eleitos e dos respectivos cargos.

Presidente: Lucas Isidoro (1ª série A)
Vice-presidente: Nathalia Martins (1ª série C)
Secretária Geral: Alice Lacerda (1ª série C)
Tesoureira: Ana Luiza Vidal (1ª série A)
Diretora de Mídia: Júlia Andrade (1ª série A)
Diretor de Esportes: Bernardo Kemp (2ª série A)
Diretoras Pastoral-pedagógicas: Cristiane Pedrosa (2ª série A) e Enoy Ferreira (3ª série B)
Diretor Cultural: Pedro Martins (2ª série A)
Relações Públicas: Pilar Antunes (1ª série B)
Diretora de Promoções e Eventos: Cecília Porto (9º ano A)
Suplente: Henrique Theodoro (8º ano B)

1 Comment
  1. Elizabeth

    Parabenizo a todos membros eleitos, em especial Lucas Isidoro.Aos estudantes eleitos, zelem sempre por uma gestão democrática.Haja posto, que esse processo seja sempre de participação efetiva dos atores nas decisões do Grêmio.E que essa organização estudantil cultive sempre os interesses dos alunos para além da sala de aula e que sempre possa preservar a consciência dos direitos individuais construída em ideais que estejam acopladas numa participação social e solidária.O Grêmio Estudantil não é instrumento de luta contra a direção da escola,uma organização que cultiva e realiza a mediação dos interesses dos estudantes junto a direção da escola.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Limpar formulárioEnviar