A equipe de Pastoral do Colégio Marista Dom Silvério já começou os trabalhos de articulação da MMS – Missão Marista de Solidariedade. O processo de inscrição dos estudantes para participar do projeto já se encerrou. Nos próximos dias, será divulgada a lista dos alunos que irão participar da Missão.

A MMS será realizada na comunidade rural de Taquaraçu, em Moeda, a 70 quilômetros de Belo Horizonte, e celebra o trabalho que começou em 2015, com o objetivo de desenvolver ações durante 3 anos. Uma equipe, formada por agentes de pastoral, educadores e estudantes, ficará acampada na comunidade entre os dias 29 de junho e 02 de julho, e viverá duas dimensões essenciais da Missão Marista de Solidariedade: a evangelizadora e a solidária. “Nossa proposta é partilhar a vida e nos colocar a serviço da construção daquela realidade, numa vivência profunda com a comunidade local. Cultivaremos a solidariedade, o voluntariado e festejaremos com as famílias: viveremos uma experiência de missionariedade, cuja motivação é acolher e ouvir o outro”, destaca Lucas Fortunato, Coordenador de Pastoral.

O tema escolhido para a MMS 2017, “Maristas 200 anos: profetas de um novo tempo”, chama-nos a refletir sobre o significado de sermos profetas Maristas nos diversos lugares e realidades em que estamos inseridos hoje, vivendo a audácia da profecia, assim como fez o jovem Marcelino Champagnat há dois séculos. A MMS convoca o estudante Marista a descobrir novos lugares e a trilhar um caminho que favoreça o encontro aprofundado com o outro, consigo mesmo e com Deus. Não é um movimento simples de caminhada, mas sim um ato de se colocar em favor do próximo, com abertura e disponibilidade para as possibilidades e obstáculos que estarão nessa trilha ao longo do caminho.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Limpar formulárioEnviar