Esconde-esconde, aviãozinho de papel, bolinhas de sabão, corrida de animais e tantas outras brincadeiras de rua encantam o tempo de quem só quer sorrir. Quem teve uma infância livre, em contato com a natureza, com amigos e sem apetrechos tecnológicos sabe bem o significado da expressão “o brincar pelo brincar”. E foi com este propósito que a Vila Marista também aderiu à Semana Mundial do Brincar, realizada entre os dias 21 e 26 de maio.  As turmas do Maternal III mostraram que brincadeira de criança é coisa séria e que os adultos devem respeitar e também aproveitar esses momentos.

Durante toda a semana, a Vila Marista preparou uma programação especial, com uma variedade de brincadeiras: com regras, com material pouco estruturado, ao ar livre, faz de conta… Tudo de forma descontraída e despretensiosa. “A Semana Mundial do Brincar é um grande movimento que tem como objetivo sensibilizar a sociedade e mostrar a importância da brincadeira e a essência da infância. Aqui na Vila Marista, a brincadeira tem seu lugar de destaque e não poderíamos deixar esta semana passar em branco”, comentou a professora Ana Carolina Calazans.

Confira mais fotos na galeria de imagens

E a criançada, literalmente, pintou o sete. Inspiradas no artista plástico Ricardo Ferrari, as crianças fizeram uma exposição de telas em que retratam algumas brincadeiras vivenciadas por cada turma do Maternal III. “Essa exposição trouxe uma riqueza de detalhes sobre a experiência do brincar muito interessante. Um brincar livre, que aproxima as crianças da natureza, trazendo-lhes inúmeras possibilidades. Essa é uma das linguagens da infância, uma fonte de troca, de aprendizado e de prazer”, explicou a professora, ao ressaltar a importância da brincadeira, que contribui para o desenvolvimento social, cognitivo e afetivo da criança.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Limpar formulárioEnviar