Participar de olimpíadas do conhecimento ou científicas vai além da competição, prêmios e medalhas. Elas são oportunidades para a formação dos estudantes e professores, que, por meio de atividades práticas, estimulam o aprendizado e a qualidade do ensino.

No Marista, os estudantes são incentivados a buscarem novos conhecimentos e fazerem descobertas de espaços e aptidões essenciais para toda a vida. De forma geral, as olimpíadas de conhecimento visam disciplinas relacionadas às ciências e às tecnologias. Dentro do projeto pedagógico do Marista, todo ano, há a possibilidade de participação de olimpíadas internas, regionais, nacionais e até mesmo internacionais.

A Olimpíada Marista de Língua Portuguesa se destina as turmas do 2º ano do ensino médio. Os estudantes são incentivados a interpretar diversos tipos de textos e a desenvolverem atividades que visam interpretação, melhorando o desempenho na disciplina. A articulação das atividades estimula a compreensão do mundo, a valorização do trabalho em equipe, além de contribuir para a constituição de cidadãos críticos e reflexivos.

Já a Olimpíada Marista de Matemática favorece a pesquisa, a criatividade, a colaboração, o trabalho em equipe e oportuniza atividades de raciocínio lógico. Para despertar a aproximação com a matemática, os grupos desenvolvem um jogo com o aplicativo Scratch 2.0, software utilizado em mais de 150 países e traduzido para mais de 40 idiomas.

Esse tipo de projeto também ajuda na escolha profissional dos estudantes ao oportunizar diferentes vivências e maior proximidade com atividades práticas. Para potencializar esse tipo de experiência, o Marista incentiva a participação em olimpíadas nacionais como na Olimpíada Brasileira de Física (OBF). Anualmente, os estudantes das diversas unidades alcançam resultados expressivos, porém o mais interessante é perceber como essas oportunidades mudam as escolhas dos alunos. Por exemplo, para o estudante Caio Coelho, 17, estudante do 3º ano do ensino médio no Marista-Tijuca, finalista na OBF 2017, a aprovação ajudou a consolidar a vocação e a escolher engenharia elétrica como curso universitário.

Cada unidade do Marista possui projetos para estimular o conhecimento por meio de atividades práticas, permitindo o intercâmbio entre escolas e instituições de ensino superior para ajudar na escolha profissional do estudante.

About the author
Leave Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

clear formSubmit