A Professora Carla Silveira, coordenadora da Área de Linguagens do Colégio Marista Águas Claras, dá dicas para nossos estudantes se prepararem para a prova do ENEM.

Dicas de Estudo para o ENEM

Estudar para o ENEM não é moleza! Para muitos isso pode ser sinônimo de correria e stress. A boa notícia é que não precisa ser assim. Com planejamento e organização é possível estar bem preparado para este grande dia. Lembre-se de realizar os exames de anos anteriores. Assim você ficará “afiado”! Confira abaixo algumas dicas de estudo para as matérias da área de Linguagens.

 

LÍNGUA PORTUGUESA

 

  • Entenda a estrutura textual e análise de discursoA análise do discurso visa a compreender a estrutura textual e a partir disso entender a construção do texto. Isso é frequentemente cobrado no Enem e é importante entender diferentes tipos textuais bem como o contexto político-social no qual o texto foi desenvolvido.

 

  • Estude funções de linguagem – As funções de linguagem são: emotiva, referencial, apelativa, poética, metalinguística e fática, e evidenciam a forma e o motivo pelo qual iniciamos uma mensagem. Existem regras e estruturas que precisam ser observadas. É fundamental que o candidato leia as teorias relacionadas e procure resolver exercícios. Esse é um assunto que vem sendo bastante cobrado no Enem

 

  • Conheça as variações linguísticas – As variações linguísticas estão relacionadas à informalidade e à coloquialidade do texto. É fundamental que se conheça como a informalidade da língua é construída e as marcações que criam oralidade dentro de um texto assim como suas as variedades.

 

  • Treine a interpretação de texto e a redação – Questões com interpretação de textossão presentes em todas as áreas do conhecimento na prova do Enem. Muitas vezes, o próprio enunciado de uma questão possui a informação necessária para você respondê-la. Outras vezes, o entendimento de gráficos, infográficos e figuras, em geral, é fundamental para a resposta.

 

  • Um excelente treino é por meio das redações, cujo peso em algumas seleções é grande. Veja quais são as modalidades cobradas na prova que pretende fazer e teste suas argumentações. Participe de nossa Oficina de Redação.

 

  • Revise alguns conteúdos gramaticais – Concordância nominal e verbal, regência nominal e verbal, crase, bem como pontuação, acentuação e grafia correta das palavras, são fatores determinantes para a construção de uma boa nota em questões objetivas no Enem. Ademais, são conteúdos primordiais na correção gramatical da redação, fazendo parte de uma das competências avaliadas, a de domínio da norma-padrão da língua portuguesa.

 

  • Entenda a contemporaneidade – Você está cercado por textos! Verbais ou não verbais, literários ou não literários, em meios formais e informais, os textos são o maior objeto de estudo da área de Língua Portuguesa. Nesse sentido, entenda que não somente as formas clássicas, mas os gêneros digitais, as mídias das redes sociais e as propagandas publicitárias são compreensões imprescindíveis para uma boa prova. Por isso, interprete os textos do seu cotidiano.

 

INGLÊS

 

  • Observe a variedade de gêneros textuais – A prova de Inglês do Enem é bem dividida e contempla diversos gêneros textuais no mesmo exame: tirinhas, charges, posts de blogs, trechos de letras de música, poesias, anúncios publicitários, artigos de jornais e revistas etc. Perceba quais desses gêneros você consegue resolver com mais facilidade e comece sempre por eles, ganhando tempo e segurança.

 

  • Muita atenção com os enunciados – O Enem tem uma tradição forte de montar enunciados um pouco mais longos nas suas questões de interpretação, e estes são o começo do processo de localização do assunto no texto. Identifique os elementos-chave e localize os mesmos no contexto. Na maioria dos casos, você irá localizar na mesma sequência lógica e, a partir daí, perceber o trecho que contém a resposta procurada.

 

  • Não se preocupe com gramática – O Enem nunca apresentou questões de gramática e provavelmente vai continuar somente com as questões de interpretação de textos. Por outro lado, o aluno que tem um domínio razoável de gramática, certamente, terá mais facilidade com a leitura

 

ARTES

 

  • Arte Contemporânea – No Enem, a maior parte das questões sobre arte trazem assuntos, obras e artistas relacionados com a arte contemporânea, seja diretamente ou associada a outros temas e períodos artísticos. Dentro os assuntos que podem aparecer estão body art – que usa o corpo como suporte para a arte- e integração entre linguagens, que consiste nas misturas de diversas vertentes, como teatro, música, dança, circo.

 

  • Vanguardas Artísticas Europeias – As vanguardas foram correntes artísticas que surgiram no início do século XX na Europa e tinham como propósito romper com o tipo de arte produzida até então. Os artistas do período trouxeram maneiras diferentes de expressão. As vanguardas que mais se destacam e que apareceram nas provas do Enem são o expressionismo, o fauvismo e o cubismo.

 

  • Modernismo – A arte moderna ou modernismo também costuma cair no exame. Essa vertente relaciona-se com as vanguardas europeias, entretanto, estende-se até meados do anos 50. No Brasil, o modernismo teve impulso com a Semana de Arte Moderna, em 1922, e possuía características próprias em que os artistas se inspiravam na arte europeia para criar uma arte intensamente brasileira, com elementos e temas nacionais.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Limpar formulárioEnviar