A Professora Priscila do Norte, coordenadora da Área de Ciências da Natureza do Colégio Marista Águas Claras, dá dicas para nossos estudantes se prepararem para a prova do ENEM.

A área de Ciências da Natureza (CN) tem 30 habilidades a serem avaliadas na prova. Nessas habilidades conseguimos perceber que o meio ambiente é extremamente explorado na prova de Ciências da Natureza (CN). Por isso é importante que os candidatos estudem atualidades e estejam antenados às questões ambientais que ocorrem no Brasil e no Mundo.

 

  • Conhecer os programas de preservação e compensação ambiental pode ser um ótimo aliado na resolução de questões de química ambiental e biologia. O ENEM traz problemas sociais e ambientais causados pela tecnologia bem como os benefícios do desenvolvimento tecnológico e convida os candidatos a dialogar com as possibilidades e controvérsias do conhecimento técnico-científico.

 

  • Apesar de ser uma prova que valoriza os temas transversais, os conteúdos-âncora mais cobrados nas últimas edições da prova em biologia, física e química são, respectivamente, ecologia, mecânica e físico-química.

 

  • O melhor caminho para obter um bom resultado na avaliação é traçar uma estratégia de estudo que envolva resolver itens de todas as competências e habilidades cobradas pelo ENEM.

 

  • Primeiramente resolva questões de provas anteriores e identifique suas dificuldades e a quais habilidades elas estão relacionadas. Um bom exercício é tentar identificar as habilidades cobradas em cada uma das questões. Dessa forma você conseguirá compreender melhor a maneira que aquela habilidade pode ser cobrada em sua prova.

 

  • Após identificar suas dificuldades, dedique-se a estudar a parte fenomenológica das questões mais difíceis para você. Outro exercício interessante de ser feito é relacionar os fenômenos com situações percebidas em seu dia a dia. O ENEM é contextualizado com as situações do cotidiano.

 

  • Treine bastante. A área de CN exige que você domine bem a interpretação de questões e saiba associar aos fenômenos da natureza, cada um deles com suas particularidades. O ENEM tem, no mínimo, duas aplicações por ano (o tradicional e a edição para Pessoas Privadas de Liberdade). Existem sites que compilam as questões de todas as aplicações desde 2009, aproveite-os.

 

  • Controle o tempo de resolução de questões. As questões de CN tendem a ocupar bastante o tempo. Lembre-se de que você ainda terá que resolver a prova de matemática neste dia.

 

  • Entenda que nem tudo o que está nos livros e apostilas é cobrado no ENEM. A prova de CN é composta por 45 questões e nem sempre há exatamente 15 questões de física, 15 de química e 15 de biologia. O ENEM trabalha com os temas transversais, ou seja, podem ter questões em que sejam cobradas as três disciplinas. O candidato deve ser capaz de compreender a conversa entre as três áreas do conhecimento.

 

  • As questões do ENEM têm um TEXTO BASE, um ENUNCIADO e os ITENS. Leia primeiro o enunciado e identifique o que a questão está solicitando. Em seguida leia o texto base e faça as interpretações de acordo com o que é solicitado e só então leia os itens: um deles será certo e o restante será distrator, ou seja, serão itens com pouca diferença do item certo. Em questões que envolvam dados, organize-os com atenção e só então tente solucionar o exercício.

 

  • NÃO DECORE EQUAÇÕES. A forma mais fácil de você se perder na resolução das questões é memorizando só as fórmulas através de mnemônicos. De nada adianta você se lembrar da equação, mas não saber em que tipo de solicitação aplicá-la. Uma boa aliada neste caso é a interpretação gráfica. Os gráficos revelam informações importantes sobre aquele fenômeno e te indica boa parte das equações a serem utilizadas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Limpar formulárioEnviar